History of the Human Sciences publica número sobre interfaces da psicologia acadêmica com investigações parapsicológicas e campos afins

As discussões sobre a demarcação social e histórica dos campos considerados científicos e não científicos ganham um interessante acréscimo no âmbito da história da psicologia. O periódico History of the Human Sciences apresentou na sua edição de abril volume dedicado à exploração de pesquisas psicológicas e parapsicológicas em interface com psicologias acadêmicas em diferentes épocas e países. Os artigos discutem processos sociais e históricos que proclamam certos saberes e práticas como candidatos à hegemonia científica num dado momento histórico.

A publicação traz contribuições de países como Holanda, Japão, Espanha, Alemanha e Estados Unidos da América, tomando como objeto pesquisas realizadas no campo da parapsicologia, principalmente. As diversas motivações que excluíram este e outros campos dos debates psicológicos acadêmicos contemporâneos não os eximem de investigações historiográficas, especialmente naquilo que se refere às interfaces com as correntes acadêmicas psicológicas reconhecidas no passado e na contemporaneidade. A publicação resguarda aos leitores a análise de tais interfaces.

A intrigante publicação aguarda nossas visitas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s